Glaucoma

O que é?

O glaucoma é uma doença ocular que está entre as principais causas de cegueira irreversível no mundo. Quando detectado precocemente, as consequências podem ser evitadas. Ao deteriorar o nervo óptico, o glaucoma reduz o campo de visão do portador sem que este sinta dor ou incômodo. A cegueira definitiva ocorre quando o nervo é destruído por completo. O glaucoma pode ser de três tipos: de ângulo aberto, de ângulo fechado, congênito ou secundário. O aumento da pressão intra-ocular é uma das causas dessa doença. Além dele, também influenciam os fatores que alteram a circulação e nutrição do nervo óptico.

 

Tratamento

Existem três tipos de tratamento para o glaucoma: uso de colírios, aplicação de laser e cirurgia.

  

Cirurgia

Antiglaucomatosa (Trabeculectomia), as cirurgias para o glaucoma ou antiglaucomatosas tem como objetivo a diminuição e controle da pressão ocular. Só é realizada quando os outros tipos de tratamento não mantem a PIO na condição necessaria, podendo ser feita com ou sem valvula.

 Pós-operatório de cirurgia de Glaucoma

  • Evitar esforços físicos como carregar peso ou praticar esportes por 30 dias.
  • Não esfregar;
  • Não coçar;
  • Não dormir sobre o olho operado nos primeiros dias pós-operatório;
  • Usar os colírios nos horários recomendados conforme receita médica, colocando uma gota de cada vez, com intervalo de 10 minutos quando coincidir horário de mais colírios.
  • Não faltar aos retornos agendados.