Doenças Comuns

O olho normal

O olho é um órgão complexo do corpo humano. A luz entra no olho através da córnea, que é a membrana convexa transparente que cobre a parte anterior do olho. A curvatura da córnea faz com que a luz refrate, ou mude sua direção, de modo a convergir para a retina. A retina é uma película sensível à luz localizada dentro da cavidade do olho, em sua porção posterior. Na visão normal, o ponto focal da luz está precisamente localizada na retina. Os distúrbios mais comuns da visão são falhas na refração (problemas com o foco). Os problemas com a refração ocorrem quando a forma de córnea está incorreta, de modo que o foco dos raios de luz não estejam na retina. Isto causa as condições conhecidas como: miopia, hipermetropia e astigmatismo.

Miopia

A miopia, ou dificuldade em enxergar de longe, é o distúrbio do olho que focaliza a luz dos objetos antes que ela alcance a retina. Isto pode ocorrer quando o olho é muito longo ou a córnea é muito curva. Como resultado, os objetos vistos ao longe ficam borrados. A visão de perto não é tão afetada.

Hipermetropia

A hipermetropia, ou dificuldade em enxergar de perto, é o distúrbio do olho que focaliza a luz dos objetos depois da retina. Ou seja, quando a luz alcança a retina ela ainda não focalizou completamente, fazendo os objetos, especialmente os próximos, ficarem borrados. Isto pode ocorrer quando o olho é muito pequeno ou a córnea é muito plana.

Astigmatismo

O astigmatismo é uma circunstância onde existe mais de um ponto focal., Isto ocorre porque a córnea não é perfeitamente esférica, mas sim ovalada. Isto leva a queixas cefaléia ou visão distorcida tanto para longe quanto para perto. Outra queixa comum nestes casos é a fotofobia.